terça-feira, 20 de setembro de 2011

SE NÃO FOSSE AQUI, SERIA ONDE?

Hoje, 20 DE SETEMBRO, é o dia do GAÚCHO!
Nessa 'vibe' regionalista nos perguntamos, será que o lugar onde vivemos pode influenciar nossa personalidade? 
E se tivéssemos que deixar nossas origens e raízes e ir de mala e cuia, para onde desejaríamos ir? 
NÃO que seja um plano, um desejo ou um projeto, mas se eu tivesse que deixar meu estado ou minha Porto Alegre querida, entre todos os lugares que já passei e conheci, entre todos os países possíveis, hoje eu permaneceria no Brasil e elegeria o RIO DE JANEIRO, agindo pelo coração e pelos olhos, e não agindo pelo cérebro ou pelo bolso.

Quando eu era mais jovem tinha um grande desejo em conhecer a Cidade Maravilhosa, me fascinava tudo naquele lugar, e esse encanto sempre foi muito bem propagado pelos cariocas.

 Depois de adulto essa vontade arrefeceu. Quase um desejo antagônico se apoderou de mim! Perdi completamente a vontade de sequer conhecer o Rio. Talvez pela violência gritante, talvez pelo excesso de chiado no sotaque, talvez por causa da Fernanda Abreu superestimando os predicados e o povo carioca. Enfim, me tapei de nojo e desisti de por meus pés lá.

Já que a vida leva e traz, faz e refaz, minha porção metamórfica ambulante novamente mudou o rumo dos meus pensamentos. Ano passado fui 2x ao Rio de Janeiro e confirmei com os olhos e com meu coração que aquele chão é mesmo abençoado. O Rio inegavelmente tem algo de especial. A natureza, as paisagens, o clima, o ar...

Não sei como é morar lá, trabalhar, estudar, ganhar a vida... mas sei que ser turista no RIO é muito divertido. Então, mesmo que essa escolha tenha sido embasada em pilares levianos, eu, se tivesse que deixar a capital gaúcha, certamente desejaria morar em terras fluminenses!!
SIM, gaúcha de corpo, alma e vocação, mas confesso que se pudesse escolher uma cidade para viver, que não fosse Porto Alegre, certamente seria o Rio de Janeiro.

O motivo? Mais do que óbvio: a hospitalidade e o calor – tanto do sol quanto das pessoas.

Poderia citar outras cidades, Porto Seguro, talvez... Mas o Rio me encantou desde que coloquei os pés no aeroporto.

 Imagina voltar do trabalho e antes de chegar em casa ainda poder dar uma passadinha na praia e sentir o mar...é surreal.

Tenho consciência da violência, mas hoje em dia nenhum lugar é seguro. Nem dentro da nossa própria casa nos sentimos seguros.

Confesso que minha passada pelo Rio foi rápida. Uma semana para sugar todas as maravilhas foi pouco, mas me deixou com esse gostinho de quero mais. 

Fiz muitas amizades, conheci praias lindas, dancei o verdadeiro FUNK carioca e percebi que lá as pessoas são simples até no modo de vestir e que sua maior riqueza está na simpatia. 

Querem mostrar todas as maravilhas da cidade maravilhosa e de uma maneira toda deles nos fazem ter vontade de não mais ir embora desse mundo cheio de alegria, danças, mate com limão e açaí geladinho. Só de escrever fiquei saudosa. 

E TU? SE TIVESSE QUE DEIXAR A TUA CIDADE, O TEU ESTADO, PRA ONDE GOSTARIA IR? 

6 comentários:

✿ chica disse...

Também adoro o Rio e por lá, pelo menos temos direito de andar na rua, nos calçadões sem ser assaltados, se não ostentarmos. Já na nossa Poa, nem no shopping estamos salvos.Um horror essa cidade que SE ACHA!!!


abraços,chica

Suzy Rhoden disse...

Oi! Há algum tempo acompanho seu blog, tornei-me seguidora porque gosto de sua proposta criativa na blogosfera.
Sou gaúcha apaixonada por minha terra e minhas tradições, não gostaria de ter que mudar em definitivo daqui. Mas se não me restasse opção, iria para Minas Gerais, onde já morei durante algum tempo de minha vida. Amo o 'tempero' mineiro, a gastronomia rica daquele estado, o aspecto histórico e cultural da região, e especialmente a simplicidade da gente maravilhosa que conheci por lá. Mas confesso que seria mais uma gaúcha/mineira a invadir as praias do Espírito Santo e estados vizinhos, como todos fazem por lá na época de verão, pois viver sem praia ninguém merece!

Abraço.

Fred disse...

Tipo assim: daqui não saio daqui ninguém me tira. Tzá. Londres é negociável. Hahahahahahahaha!

Marcos Campos disse...

Queria mesmo era ser um cidadão do mundo ... muitos lugares ... quando se estabelece mesmo, talvez os lugares percam um pouco do encanto ...

Pequena Rosi disse...

Eu já fiz minha escolha! Não sei se foi a mais acertada. Sai de Santa Catarina (praia, praia e mais praia) e vim morar em PoA. O que tem de bom?? O chimarrão, rsrsrsrsrrs.

Anônimo disse...

Adoro viajar, conhecer lugares novos, embarcar no pitoresco de cada região. Mas é inegável a alegria de voltar ao "porto mais alegre" que conheço.
Tô prá dizer que para morar, não trocaria de cidade...
Ângela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...