sexta-feira, 30 de julho de 2010

FANTASIA - VAMOS BRINCAR DE SEXO?


 ELA SIM:

SIM, nós mulheres temos fantasias sexuais (e como temos!!).

Durante algum tempo a sociedade acreditou, ou fez com que as pessoas acreditassem, que as mulheres não tinham fantasias sexuais. Que eram submissas, faziam apenas o ‘básico’ ou apenas arriscavam algumas posições mais ‘picantes’...

Mas agora nós estamos no poder.

Falamos o que queremos, como queremos. Ditamos as regras.

A imaginação da mulherada anda aguçada. Não tem mais essa história de ficar apenas fantasiando, nós estamos praticando.

Eu gosto de fantasias. E como uma boa pisciana eu fantasio tudo ao meu redor e no sexo não seria diferente.
Aparecer de botas longas trajando apenas um casaco longo e por baixo uma peça bem ousada é algo que me instiga e, creio, que mexe com a imaginação masculina.

Fantasias fazem parte das preliminares. É tão boa quanto a masturbação. Ambas fazem com que as pessoas descubram o que lhes excita, o que lhes dá mais prazer. È uma brincadeira saudável e altamente provocante.

Pesquisas comprovam que quanto mais as mulheres fantasiam, maiores são as sensações e a multiplicidade de orgasmos.

Durante as fantasias a imaginação floresce e prepara as situações, mais ou menos reais, que, no dia a dia não teríamos coragem de fazer(trecho retirado de pesquisa sobre fantasias sexuais femininas).

A maioria das fantasias aparece após a relação sexual.
Ficamos imaginando como será a próxima vez; o que podemos fazer, de diferente, para apimentar o sexo.

As fantasias variam, desde a ter relações sexuais com pessoa do mesmo sexo; relações sem consentimento; relações com mais de um parceiro até as mais ‘meiguinhas’ onde podemos ser super heróis, enfermeiras, bombeiros, colegiais, mecânicos...E também aquelas mais bizarras...mas essas eu dispenso o meu comentário.

Prefiro ficar com as fantasias ‘meiguinhas’ e as fantasias em lugares diferentes.

Duvido que alguém nunca tenha se imaginado fazendo algo diferente..nem que seja sexo no chão (risos)

ELE NÃO:

NÃO vou falar em nome de todo o gênero masculino, mesmo por que normalmente minhas opiniões não andam com a maioria e não comungo de todos os estereótipos do gênero, no entanto existem coisas que são inerentes a todos da raça e, testosterona a parte, SEXO é um assunto que tem tantas nuances que ninguém conseguiria alcançar um senso comum.

Infelizmente minhas experiências práticas no que se refere a FANTASIAS SEXUAIS não são invejáveis. Enxergo nesse assunto dois pólos distintos: fantasias com personagens e fantasias com lugares. Claro que isso sintetizando muito o assunto.

Fantasiar com personagens é inusitado (enfermeira, bombeiro, colegial, militar, prostituta, striper, cowboy, dominatrix, ETC., muito ETC. nisso), e até acho que levar isso meio na brincadeira é muito bacana, mas a linha entre o sensual e o ridículo é tênue, por isso não me vejo praticando esse tipo de jogo sexual, mas uma pessoa que tem sede nunca diz ‘dessa água não beberei’. Agora usar a imaginação, e não acessórios reais também ta valendo, e talvez a pessoa envolvida nunca fique sabendo em quais cenários já foi inserida, por que quando se trata de imaginação leva a melhor quem tiver a maior!

Por outro lado, lugares inusitados ou proibidos me parecem BEM mais ‘aclimatados’ para acentuar a volúpia sexual. Quem ainda não fez, deveria experimentar. A sensação do proibido, do ‘errado’ é indescritivelmente potencializadora de prazer. 

Certamente haverá quem discorde, ainda bem! Unanimidade é sinonimo de tédio!

Agora vamos encerrar esse post safadeeenho por aqui!

Até a semana que vem!!


8 comentários:

Anônimo disse...

Uiiiii, repensei minhas fantasias, ou a falta de....Não por falta de tesão, é claro, mas acredito que as vezes nos envolvemos tanto nas "responsabilidades e atividades" diárias e rotina que deixamos o tempero e o "bom" da vida de lado... ...Vamos nos permitir...Como já dizia aquela música e hoje
à noite o mecânico gostoso e bem suado lá de casa que me espere, hihihi....

Fernando disse...

Olha, tchê, esse assunto rende umas noites inteiras de papo (ou de outras coisas..rsrs). Somos uns privilegiados por poder discutir isso, coisa que há pouco tempo atrás algumas famílias mais vanguardistas faziam. Não tenho nenhuma cientificidade no que digo, mas as relações em sua maioria terminam devido ao sexo (ou à falta dele). Saber reinventar o sexo numa relação é fundamental e aí não devemos ter timidez em discutir isso entre parceiros, amigas, pais...Minhas experiências mais perigosas foram até hoje as mais excitantes e inesquecíveis, mas isso depende de cada pessoa.Não existem regras perfeitas para o que sentimos e também isso é que nos torna humanos. Bjos.

Lívia Prestes disse...

Aos que duvidaram da minha aparição cá estou, mas para fazer ganhar esses mesmos, pois o tema enseja Nelson Rodrigues:

Se todos conhecessem a intimidade sexual uns dos outros, ninguém cumprimentaria ninguém.

Até logo!

Dani Brito disse...

Carol, tbm sou pisciana! rs...Olha eu sempre falo, casamento não pode entrar no tédio, e para não entrar no tédio o melhor a fazer é usar a imaginação, inventar. Lugares, fantasias, danças. Por isso eu falo: no meu casamento não vai ter essa de mesmice não. Bora liberar a imaginação.
Beijos

Léia.. disse...

Acho que quando o assunto é sexo vale a pena brincar sim, afinal de contas quem não gosta de uma brincadeirinha de vez em quando????

bj

Anônimo disse...

O assunto é muito interessante, mas fazer no chao só se não tiver cama, a não ser que a cama seja barulhenta e tenha mais pessoas na casa que não possa ouvir o barulho.(rss).
Diogo, um admirador.

Cris França disse...

Ola amigos,

eu sou a favor da fantasia sim, mas eu concordo o João que a linha entre o sexy e o ridículo é tênue, tipo aquela piadinha que o marido está no sofá vendo futebol e tomando cerveja, e a mulher aparece de capa e botas, e ele dispara: e ai Batman? o que tem pro jantar.
Tem que ser algo que excite os dois, e que haja convenhamos um consenso, ele quer, ela tbém, ai tá valendo.

Quando a lugares estranhos, tenho um amigo que é gerente de um banco e no seu treinamento passaram um video, não de um, mas de vários casais , que entram no caixa eletronico para transar, eu juro, nunca pensei numa coisas dessas, o bom senso prevalesse.

E para mim deixo claro, sexo bom, é sexo a dois, essa coisa de ter mais gente na cama é coisa me causa estranheza.

mas o que seria do azul, se todo mundo gostasse do amarelo.

gostei do post, e acho que dava para ir mais fundo, porque o tema rende.

beijos galera!

Victor Valim disse...

Percebe-se que os comentários se divergem aqui! rsrs
Concordo com o João, anda bem! Unanimidade é sinônimo de tédio.
Mas tédio também é resultado de um sexo mal elaborado! 666'
Logo, as fantasias devem, obrigatóriamente, fazer parte do cotidiano de um casal assim como nas relações casuais, etc.
Quando o assunto é SEXO, a criatividade é essencial.
Reprimir-se, hoje em dia, é deixar de fazer valer a pena uma boa transa, não é mesmo?

666'

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...