quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

KING SIZE! - TAMANHO É DOCUMENTO?

SIM, uma nova polêmica para deixar os nossos leitores com a pulga atrás da orelha... [neste caso, com a pulga dentro da cueca – risos].

Será mesmo que a mulherada se preocupa com o tamanho do calibre ou o que interessa é a potência do tiro?

SIM, eu lhes digo que o tamanho nada importa se o parceiro souber explorar todas as áreas do playground, ou seja, existem mulheres que sentem prazer sem necessariamente serem penetradas. Basta um toque, um estímulo e tudo é motivo para orgasmos tridimensionais.

A maioria dos homens deve saber que algumas mulheres são mais suscetíveis a terem orgasmos clitorianos, mas também tem as que só conseguem ter orgasmos vaginais. Independentemente de como seremos estimuladas / exploradas / tocadas o que verdadeiramente importa é se o cara tem jeito e ‘sabe o caminho’.

Nunca fui de ficar reparando no tamanho, até porque não acho homem pelado muito atraente. Prefiro prestar atenção no ritual da conquista: jogo de olhares, palavras doces e gentis, troca de carícias, a pegada firme, precisa, e a maneira curiosa e intensa como serei tocada.

Obviamente que tem um esquadrão de mulheres que preferem os superdotados, mas de que adianta um ‘motumbo[joga no Google] se o canal vaginal tem no máximo 16cm??

Acredito que uma relação com um superdotadão deve ser incômoda.

O marido de uma amiga sempre dizia que ‘o importante não é chegar ao fundo e sim preencher as bordas’. E isso não é papo de quem tem pênis pequeno, essa é também a minha opinião.

O ‘tamanho’ é algo que deve incomodar somente aos homens [se é que isso os incomoda]. É o mesmo que as mulheres se preocuparem com as detestáveis celulites.

Alguns homens não perdem tempo reparando nos furinhos dos nossos bumbuns, então pra que vamos encarnar com o tamanho daquele que só nos dá prazer?!

Devemos desfrutar e não criticar.
NÃO é documento? Tamanho não é documento?

Sou capaz de apostar que a maioria argumentará: “Melhor um pequeno brincalhão, que um grande bobalhão”, mas essas mesmas pessoas, recônditas em suas rodas intimas de amigos não se furtam a comentários mordazes acerca das dimensões especificas do corpo cavernoso de seus parceiros.

Não vou mentir e dizer que esses centímetros abaixo da linha da cintura não significam nada para os homens, mas também não acho que a quantidade de polegadas seja algo crucial ou determinante no dia-a-dia. Minha vida não mudaria drasticamente respeitando uma margem de erro de 2 pts. para mais ou 2 pts. para menos.

A verdade é que desde sempre o ‘FALO’ foi um símbolo da masculinidade e do poder do macho, então não é de se estranhar que O queiramos O maior possível! No entanto pesquisas afirmam que o mais importante é o diâmetro e não o comprimento, uma vez que o controverso e afamado ponto G não estaria a mais que 10cm de ‘profundidade [isso mesmo, bem ali, ao alcance de quase todos!].

Pelo mundo, o tamanho médio do ‘instrumento’ varia muito. O standard brasileiro teria cerca de 12,4cm [sinto um sorriso de alivio nos rostos dos que estão acima da média]. Segundo essa pesquisa os campeões seriam os Frances com 16cm, e na lanterna não nos surpreendemos com os coreanos alcançando apenas 9,6cm. [ta achando que nasceu no país errado?!] Vale pontuar, a título de curiosidade, que nessa pesquisa não havia países africanos!

Ainda no campo das pesquisas, achei interessante que 85% das mulheres estão satisfeitas com o pênis do seu parceiro e que no entanto apenas 55% dos homens estão satisfeitos com seus próprios membros, ou seja, os homens têm complexo de Jedi e querem verdadeiros sabres de luz!

Agora se você pensa como Harry Potter e acha que “não importa o tamanho da varinha, mas sim a mágica que ela faz”, ou se isso é desculpa de quem tem mixaria para apresentar, aí eu não sei. Mas pelo menos na teoria essa afirmação parece fazer algum sentido!

O que acharam do TAMANHO desse post?

Até semana que vem! 

16 comentários:

Alex disse...

Hahahahah Grande e duro que nem uma gelatina...
Ontem mesmo estava vendo “Comer, Rezar, Amar” (recomendo).
Tem uma cena em que a protagonista convence sua amiga a comer uma pizza, a qual ela não queria, pois iria ficar com pneuzinhos.
Ela fala o seguinte para amiga:

- Alguma vez quando você tirou a roupa o homem colocou a roupa e foi embora?
- Não
- Então? Eles não estão nem ai pros seus pneuzinhos, eles(homens) acabaram de ganhar na loteria!

Fazendo uma comparação tosca, acredito na mesma linha de pensamento, agora o que vem a seguir são outros 500.
“É Que nem entrevista de emprego, se não serve para função não vai ser selecionado.”

Obs: Acho que a comparação que ELA fez esta errada (Não celulite e sim Seios)!!

Ah e pra deixar claro aqui, o meu é bem pequeno.

Alexandre Ferrari disse...

Asssunto que sempre rende "o tamnho do pênis". Sou contra a quaisquer generalizações. Sei de homens que são (in)felizes por conta do tamanho do pênis. Sei tb de mulheres que gostam de grandes e outras de quequenos.
Agora o que tenho muito carteza é o de que estamos sempre, ou quase sempre, insatisfeitos com o que temos: ou grande ou pequeno, ou fino ou grosso, ou isso ou aquilo.
E homens gostam muito de comparar tamanho, porque ele representa, no imaginarário do latido, virilidade.

Memória de Elefante disse...

Carol:
Vim agradecer tua carinhosa visita,sempre um prazer receber retornos como o teu.
É natural ter várias possibilidades de expressão, como um pintor emprega aquarela,óleo,acrílico,esculpindo ou desenhando.A gente abre portas, espia,apanha e usa o que ajuda a ver melhor, a respirar melhor.Muda,deve mudar, volta, pode voltar,importam a liberdade de ação e a fidelidade à arte- essa que não admite interferências nem faz concessões.

Um beijo!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Essa menina Carol disse tudo.
Os homens são muito encanados com isso do que nós mulheres.
E pensei a mesma coisa que Alex citou aí em cima sobre o filme.
Acho que tb nos encucamos mais com celulites e afins que eles (Deus queira hahaha)

Beijo.

KELLY disse...

Não. Acho que tamanho não é documento. Desde que, como a carol disse, o parceiro saiba utilizar seu instrumento...
Uma pegada de jeito, daquelas de tirar o fôlego de uma mulher, vale muitoooo mais do que um mutumbo...(risos)
Além de ser incômodo, muitas vezes a relação termina, sem a parceira ter sentido o prazer que gostaria.
Deve ter muito homem rindo a toa, em saber que definitivamente, tamanho não é documento, para as mulheres...
hahahahaha

beijos

Carol X. disse...

O que importa mesmo é o prazer que proporciona! Cada uma sabe o que a satisfaz! Tamanho NÃO é documento, pq muitas vezes pode nem funcionar...na verdade o que vale é estar satisfeita: grande é bom, médio é bom, pequeno é bom, tem é que saber usar!!!!!!!! Com certeza as mulheres ficam mais preocupadas com os pneuzinhos, gordurinhas a mais e furinhos na bunda, SIM, mas se for "sem graça" não adianta o cara se preocupar com o tamanho!!!!

Pandora disse...

kkkkkk Vocês são divertidos isso eu posso garantir!!! Quanto ao tamanho e derivativos, faço plagio a um amigo meu: "prefiro não comentar!" rsrsrs

Mariléa... disse...

Meus queridos, adorei este POST, principalmente a parte da Carol, achei até engraçado...
Bem, mas vamos ao que interessa; Eu penso que tamanho não importa, se tiver sentimento, atitude, muito carinho,preliminares, beijo na boca, quimica, enfim...vai ser bom demais!!!hahahahah
Como disse Carol: devemos desfrutar e não criticar.

Bj

Marcio Nicolau disse...

demais!

Na medida certa os textos, sem tirar nem pôr. Vocês foram o que se pode chamar de justos, exatos.

Aleatoriamente disse...

Bem interessante.
Eu diria que um texto bem profundo. (Risos)..

Fui chegando lendo e comentando.
Bem legal a casa (blog) de vocês.

Bjinho.
Fernanda.

Cáh disse...

hahahahah dei altas risadas com o post, as opiniões, os medos e as imagens!

Muito bom...


Beijos

• || Rai || • disse...

Hmmmm o tamanho do texto foi bem avantajado, hein.
Acredito que mulheres são mais facilmente estimuladas, então seria legal se os carinhas não se importassem tanto.

Concordo plenamente com o que a Ana Carolina disse: "Nunca fui de ficar reparando no tamanho, até porque não acho homem pelado muito atraente. Prefiro prestar atenção no ritual da conquista: jogo de olhares, palavras doces e gentis, troca de carícias, a pegada firme, precisa, e a maneira curiosa e intensa como serei tocada."
O que importa é o jeito de como o cara conquista e tal... depois dessa, duvido que a mulher não fique excitada. Ou não né? Cada um se comporta de um jeito.

Adorei o post ^^
Beijão pra vcs!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carol
Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário. Quando puder volte, vou gostar muito.
Bjux

Diego Camargo Borba disse...

Nenhuma mulher vai deixar de transar se o peru do cara for mínimo. Aliás, como não sou muito bem dotado, particularmente chupo até as frieiras da pessoa, para que a penetração seja apenas um complemento. hehehehe. Ô delícia!

Reclamações: www.ferronaboneca1985.blogspot.com (é real)

Anônimo disse...

um dia uma mulher disse pra mim q meu pau eh pequeno, eu respondi...
( que nada, sua b....ta que eh grande de mais....)

Juninho Frenési disse...

falando nisso, pq ninguem se importa com o tipo q o homem gosta?
se gosta de vagina grande ou pequena, larga ou apertadinha, cherosa ou fedida, etc...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...