segunda-feira, 20 de agosto de 2012

ELES & ELAS, ELAS & ELES

NÃO havia lá em casa nenhuma outra mulher, além da minha mãe. Os homens: meu pai, meus dois irmãos e eu, formávamos quase uma guilda, para que, solitária no gênero, minha mãe norteasse nossas vidas.

Perdoem se parecerei sexista, mas sejamos razoáveis, existem papeis que caem melhor para homens e outros para mulheres! E antes de que me apedrejem, pessoalmente ou nos comentários, vou piorar as coisas dizendo que, se pensamos e agimos assim, a CULPA é das MULHERES.

São as MÃES (logo, mulheres) que nos criam desta forma. Alicerçam-nos sobre esse paradigma e depois o querem derrubá-lo! Os homens, são então culpados ou vítimas?  

A verdade é que ELAS estão mudando. As  mulheres que tanto buscavam posição de igualdade com os homens, estão conseguindo o que queriam. 

Nossas adoráveis mulheres estão ficando cada vez mais semelhantes aos homens, e justamente em coisas que não precisavam mudar!

Estão se tornando tão libertinas quando os homens, tão corruptas, tão bandidas, tão perversas...

Atentem que não estou falando no direito que todos temos, homens ou mulheres, de sermos o quisermos, e isso nos é inalienável, mas falo de coisas muito mais sutis, que só olhos mais afiados podem perceber. Falo de essência, nada tão simplesmente fálico!

Já cansei de ouvi-las reclamando da ‘sem-vergonhice’ dos caras, mas ai terminam as queixas dizendo: “Na próxima encarnação quero vir homem, ai eu vou ser putanheiro, vou comer todas e nem vou ligar!” – Ok, alguém pode me explicar isso? Reclamam, mas se estivessem no lugar, fariam exatamente igual ou ainda pior!! – Hã?! Aperto F5?!

Discursinho machista?
Ok, pode ser, mas garanto que não me interesso por um mundo cheio de “Amélias”, apenas não acho que precisemos de mais gente pensando torto, igual aos homens que guerreiam a paz!

Mulheres, SEJAM DIFERENTES de nós! Conquistem seu espaço sendo vocês mesmas! Não mirem-se nos homens e nem no exemplo daquelas mulheres de Atenas, apenas continuem melhores que a gente! 

A raça masculina é cheia de imperfeiçoes, defeitos e misérias! Querer igualdade é ‘downgrade’!
 
SIM, a ideia era falar mal sobre os homens, mas não faço o tipo que generaliza o mau comportamento de alguns crucificando os demais, por isso vou falar bem (isso, mesmo) dessa raça que acha que manda nas mulheres.

Fui criada pelo meu tio avô, daí minha referência e criação totalmente voltada aos homens. Como éramos somente nós dois, após a morte da esposa dele, acabei por perceber que o mundo masculino difere do feminino no quesito ‘cuidar’.

Mulheres são instintivamente maternas, mas quando os homens deparam-se sozinhos para criar os filhos, principalmente meninas, eles são mais cuidadosos que muita mãe por aí.

A proteção vem casada com o ciúme. “Cuido, crio e não é qualquer um que vai levá-la de mim” (risos)

Minha criação foi rigorosíssima. Dormir na casa das amigas, só sob tortura. Sair sozinha com o primeiro namorado, só implorando e com hora pra voltar pra casa.

Os anos vão passando, a gente vai crescendo e começa a perceber que esse zelo de pai também aparece nos relacionamentos.

Ciente que existem homens que não valem nem a meia que eu sujo, tenho que bater palmas praqueles que sabem cortejar as mulheres, tratá-las como verdadeiras princesas.

Dentre os meus relacionamentos não posso em hipótese alguma reclamar da maneira gentil e carinhosa que fui tratada (e ainda sou).

Homens são, sim, sensíveis, educados, gentis, cavalheiros, românticos, companheiros, leais, confidentes, criativos, surpreendentes, gostam de atenção, carinho, mimos, cafunés, beijinhos pelo corpo, surpresinhas...e por aí vai.

Acredito que a forma irracional de alguns homens pode ser devido a criação que tiveram quando crianças. Meninos criados com amor e aprendem desde cedo como tratar uma mulher levam isso pra vida toda.

Já os meninos que crescem num ambiente em que o pai trata a mãe como uma empregada e escrava sexual vai achar que é assim que deve tratar todas as mulheres.

Nossa criação é que nos torna pessoas de bem...ou de mal rsrs

Salvas as exceções, eu só posso elogiar esses seres que quando conseguem abrir mão do orgulho de macho são mais dengosos que nós.

2 comentários:

✿ chica disse...

É sempre legal ler vocês e seus pontos de vista tão bem colocados! abração,chica

Alexandre Ferrari disse...

Bem, os textos são bacanas, mas preciso discordar da educação que nos é dada pelas "mulheres-mães". Não nos educamos dessa forma, ou pelo menos, não apenas dessa forma. A família, como instituição, é cristalizada de diversas formas e por isso cada um ocupa o lugar que deve ocupar nessa organização; além disso, a religião, a escola, sobretudo, reforçam conceitos e esteriótipos. Até bem pouco tempo matar uma mulher para defender a sua honra era legal, ou seja, o discurso que tb reforçava as atitudes sexistas estavam presentes em outras esferas. A própria medicina, discurso científico, tem culpa no cartório. Enfim, há uma gama de contribuições para que esse comporatemento se naturalize.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...