quinta-feira, 11 de agosto de 2011

VITRINE VIRTUAL - a info-exposição te foca desfocado?

NÃO é brincadeira essa ‘vida virtual’!! Sem dúvida que todas essas mídias sociais vieram para conectar e reunir pessoas por interesses afins, mas também tudo isso pode se voltar contra a gente, quando não sabemos lidar, dosar e conter essa info-exposição

O debate não é novo, afinal estamos cada vez mais revelando nosso universo particular, e cada vez com menos pudores. 

Não precisamos ir longe para encontrar um bom exemplo, aqui mesmo neste blog levantamos temas polêmicos, delicados e íntimos. Quando nos propomos a escrever, assumimos o compromisso com o risco. Não moderamos os comentários, não mentimos e não recuamos frente a qualquer tema. 

Isso seria fácil se todos os leitores fossem desconhecidos randômicos, mas passam por aqui, amigos, familiares, colegas de faculdade e de trabalho, o que torna a exposição exponencialmente mais complexa e delicada. 

Há que se cuidar com o que se diz. Um território livre não é sinônimo de leviano. A liberdade de expressão tem que ser usada com inteligência. Vemos nessa ERA DA INFORMAÇÃO pessoas que se queimam irremediavelmente por pequenos deslizes e comentários infelizes! Se for pra falar algo, tem-se que ter ‘culhões’ para arcar com as consequências! 

Não acho meu nível de info-exposição muito baixo. Tenho perfil em redes sociais, mantenho esse e outro blog, também com impressões pessoais. Acabo exposto, mas sei as consequências dessa brincadeira, e por hora isso me é admissível. Um dia minha vida pessoal ou profissional pode chamar a mudanças, e eventualmente eu possa atender... 

Certamente esse mundo não é para qualquer um... 
 
SIM, nós humanos estamos sempre condicionados a chamar e a ter a atenção. Como seres instintivamente sociais, queremos dizer o que fazemos, comemos, queremos, sentimos ou pensamos. 

Me recordo que antes da aparição bombástica do Orkut, MSN, Facebook e afins, as pessoas eram mais contidas. Só sabíamos que fulano começou a namorar com a cicrana quando eles apareciam de mãos dadas. Hoje em dia toda a nação pode saber que a cicrana foi traída pelo fulano - porque lá na página da beltrana tem um comentário revelador e cheio de KKKKK

Assim que essa febre toda começou eu embarquei sem colete salva vidas rumo as ondas da internet, e hoje, confesso que ando desgostosa com essa exposição toda. Essas redes parecem uma vitrine virtual onde cada pessoa se ‘autocoloca’ à venda. 

Cada pessoa se aventura de uma forma diferente: tem aquele com o perfil fake, tem aquele indeciso, conta tudo mas bloqueia todo o acesso, tem quem só consiga mostrar seu verdadeiro ‘eu’ através das frases e citações que publica, e tem ainda aquele que se ultraexpõe, afinal já diz a frase: ‘Quem está na chuva é pra se molhar’. Então agüenta coração, porque com a exposição, vem junto o rótulo, e nem sempre é realista! 

Mas será que tudo isso vale a pena? Será que a nossa vida ‘real’ pode ser afetada pelo o que as pessoas ‘acham’ e interpretam do que é mostrado pela web? – Às vezes o preço é alto e a maioria não está se dando conta dos juros de tudo isso. 

Particularmente falando, me expor na internet acabou tendo um preço que nem sempre estou disposta a arcar. Além de algumas vezes ser mal interpretada, ainda existem os comentários cheios de testosterona (como frisou um amigo) que podem denegrir a minha imagem de ‘mulher confiável’. 

Cheguei a pensar em excluir minha conta dessa vida virtual e viciante, mas a conclusão é que não devemos nos excluir dessa Era, mas sim mudar a nossa postura diante dela. Devemos fazer uma triagem daquilo que vamos mostrar e deixar que nossas pérolas mais preciosas sejam expostas somente para quem nos interessa de verdade. 

Não podemos mudar o que as pessoas pensam de nós, mas podemos modificar as coisas para que as pessoas aprendam nos ver de uma forma diferente. Não se rotule, não se exponha...seja aquilo que tu é. As pessoas vão sempre ver aquilo que tu mostrar...nada além. 

 E tu? Da a cara à tapa?

2 comentários:

Carol X. disse...

Nenhum comentário ainda, ou não está atualizado?!?!?! As pessoas ficaram pensativas, com medo de se "mostrar"! hehehehe
Essa era digital é um vício, mas com certeza acaba prejudicando! Eu acredito que a gente tenha que se preservar, não mostrar TUDO, pq realmente podemos ser mal interpretados e até mesmo usar nossas "coisas" contra a gente! Sempre rola a fofoca...daí tem que "segurar no peito" e fazer que não entendeu nada (e não vem com o "eum não deve não teme", pq lá no fundo, dá um friozinho)! hehehe...
E viva a era digital! Devemos usá-la sim, mas não abusá-la!
BJS

Mariléa... disse...

Eu me considero uma pessoa um pouco viciada em redes sociais, mas nem por isso fico me expondo, acho que coloco aquilo que considero saudável e que não vai me prejudicar...
é isso ai amigos...bj

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...