quarta-feira, 3 de agosto de 2011

CINEMA BRASILEIRO - agora é sem legenda!

SIM, como cinéfila assumida estou aqui para levantar a bandeira dos filmes nacionais.

Não desmerecendo os internacionais, que também batem um bolão nas telas, mas os nossos tem o seu charme. Nossos filmes mostram a realidade nua, crua e às vezes cozida no vapor, como nas cenas mais picantes (não tem como negar, filme brasileiro adora uma cena de sexo).

Eu ando meio relapsa nas idas ao cinema, mas sempre que meu ‘companheirinho de cine’ tem uma folga, vamos juntos curtir o que há de bom.

Com esse tempinho frio a pedida está sendo ficar em casa e assistir um filminho bem abafadinha, mas aí tira toda a emoção de estar diante daquela tela, comendo uma pipoquinha (e convenhamos, pipoca do cinema é bem melhor que pipoca feita em casa rsrs). Tenho preferência pelas comédias, apesar de amar um romantismo (dependendo da companhia...).

Nessa linha cômica eu registro o “De Pernas pro Ar” com a engraçadíssima Ingrid Guimarães. No gênero comédia romântica eu fico com o “Todo Gato Vira Lata” com a gatíssima Cléo Pires. Mas o último nacional que assisti foi o “Assalto ao Banco Central” e não o classifico como um dos melhores, pois a história é com base no pouco do que a polícia descobriu, então ficou sem desfecho, como se tivesse um “Assalto ao Banco Central II”.

Mas gostos são pessoais, então sugiro que tirem suas próprias conclusões e comentem por aqui.
 
 NÃO é muito fácil um filme brasileiro me levar às salas de cinema. Não que eu tenha algum preconceito consciente. Se me falta tempo para ver os filmes que considero mais TOP, o que direi dos filmes que estão em meu segundo plano! (em tempo: o dito 2º plano não é necessariamente só de filmes brasileiros)

Cresci numa geração onde os filmes nacionais tinham uma qualidade técnica (especialmente a sonora) terrível, a grande maioria com roteiros sofríveis e focados em muito sexo gratuito, excetuando os filmes dos trapalhões (campeões absolutos de audiência)! No entanto de lá pra cá muita coisa mudou.

Confesso que não gosto de ir ao cinema e ter a impressão que estou assistindo a um 'Especial de fim de ano da Globo', roteiro fraquinho, atores bonitinhos e conhecidos, tudo muito conveniente! - Mesmo não gostando pessoalmente disso, acho interessante esse exercício, é ótimo que as salas de cinema dêem espaço ao nosso produto, contanto que seja de qualidade.

As produções mais baratas e os incentivos fiscais nos deram a oportunidade de ver filmes menos pretensiosos, com mais cara de entretenimento, e o resultado positivo dessa nova fase pode ser mensurado pelos números, já que em 2009 a 2ª maior bilheteria do país ficou justamente com um filme brasileiro (Se eu fosse você 2), e repetimos a prata em 2010 (Tropa de Elite 2). 2011 não está sendo diferente, a safra está boa e ainda tem muito filme interessante por estrear!

Meu discurso é o mais politicamente correto possível: Vá mais ao cinema. Assista a mais filmes nacionais. Se beber não dirija e leia mais nosso blog!
 
E tu? Já viu algum brazuca na telona?

4 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Já vi bons filmes brasileiros. Acho puro preconceito das pessoas com relação ao produto nacional. A única coisa que não gosto é quando abordam temas regionalistas e atuam atores globais. Aí o preconceito é meu.
Bjux

Clenio disse...

Não é a nacionalidade de um filme que faz dele ser bom ou ruim, e sim o talento das pessoas envolvidas, portanto, deixar que o preconceito atrapalhe a possibilidade de conhecer filmes excepcionais como "Tropa de elite 2", "Central do Brasil" e "Cidade de Deus" (só pra citar os melhores) é tacanho.

O cinema brasileiro como o conhecemos agora (distante das vergonhosas pornochanchadas dos anos 70) ainda está engatinhando, mas conseguiu atingir patamares altíssimos em menos de 20 anos... Ainda vamos longe.

Mas é óbvio que, ao lado de filmes bons surgem coisas como "Bruna Surfistinha" e "Cilada.com", que querem apenas uma coisa: dinheiro. Mas Hollywood não tem seus "Transformers" da vida???

Clênio
www.lennysmind.blogspot.com
www.clenio-umfilmepordia.blogspot.com

Menina Prendada disse...

O investimento no cinema nacional aumentou, fator que contribuiu para a melhora da qualidade das producoes nacionais - Tais como " Tropa de Elite 2", "Cidade de Deus" e tantos outros. Outrossim, os filmes abordam e criticam a realidade nacional, diferente das pornochanchadas da decada de 70, que foram fruto do momento politico do pais - ditadura - objetivando o desvio da atencao do povo para a atrocidades que eram cometidas nos poroes da ditadura.

Folhetim Cultural disse...

Olá sou Magno Oliveira responsável pelo Blog Folhetim Cultural, convido lhe hoje a conhecer o nosso blog, que tem além de notícias, tem também atrações culturais. Como poesia, contos, crônicas e muito mais...
Conto com sua visita no nosso espaço.

Blog: informativofolhetimcultural.blogpost.com
E-mail: folhetimcultural@hotmail.com
Twitter: @folhetimcultura e @oliveirasmagno

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...